Brinquedos novos e 5 dicas para evitar acidentes com tantas novidades.

Conheça as recomendações da Criança Segura para evitar que meninos e meninas se machuquem ao brincarem

Dia das Crianças, data na qual a criançada ganha alguns brinquedos e aproveita para se divertir muito com os amigos e familiares. Entretanto, é preciso que os responsáveis estejam sempre atentos para prevenir possíveis acidentes que podem acontecer durante o uso desses brinquedos, como cortes, arranhões e até mesmo sufocação ou estrangulamento.  Para evitar que algo sério aconteça, a Criança Segura preparou algumas dicas que irão te ajudar a evitar acidentes. Confira:

1) Participe da brincadeira junto com as crianças

A supervisão de um adulto é um fator importante para garantir a segurança das crianças enquanto brincam. Mas, e se ao invés de apenas observar de longe você se envolver e brincar junto? Dessa forma, além de ficar de olho em qualquer possível risco, você também irá passar um tempo de qualidade com a criança, conhecendo mais sobre ela e compartilhando lições e carinho. Com certeza será uma experiência marcante.

2) Confira se o brinquedo possui o selo do Inmetro

Quando um produto possui o selo do Inmetro isso significa que esse objeto foi fabricado seguindo todas as normas de segurança necessárias para evitar acidentes. Sendo assim, sempre verifique se o brinquedo escolhido para a criança possuiu esse selo, pois isso pode ser determinante para evitar que os pequenos se machuquem gravemente ao brincarem. Evite comprar brinquedos de procedência duvidosa ou que não possuem essa certificação.

3) Considere a idade, o interesse e o nível de habilidade da criança ao escolher um brinquedo

Antes de escolher um brinquedo para dar para uma criança, verifique a faixa etária para qual o brinquedo é recomendado. Essa simples atitude pode evitar que muitos acidentes graves aconteçam. Além disso, atente-se também ao nível de habilidade da criança e seus interesses. Dessa forma, você fará escolhas mais seguras e que agradem mais aos pequenos.

4) Inspecione regularmente os brinquedos das crianças

Verifique regularmente os brinquedos das crianças para ver se eles possuem algum dano que pode causar acidentes durante a brincadeira, como partes pequenas que estejam se soltando ou pedaços quebrados pontiagudos. Caso encontre algum brinquedo nesse estado, conserte-o imediatamente ou mantenha-o fora do alcance da criança até que ele esteja apto para ser utilizado novamente.

5) Ensine as crianças a guardarem os brinquedos depois de usarem

Bom, depois de brincar muito, chega a hora de arrumar a bagunça. Ensine as crianças desde pequenas a guardarem seus brinquedos, assim é possível evitar quedas e outros acidentes. Caso em sua casa tenha crianças de idades diferentes, é importante guardar os brinquedos das crianças maiores separados dos das crianças menores.

É importante lembrarmos aos responsáveis por crianças que, muitas vezes, meninos e meninas têm mais interesse por coisas que não são brinquedos, mas que estimulam sua criatividade, como, por exemplo, uma tampa de panela que se transforma em bateria ou um armário vazio que vira uma cabana. Por isso, fique atento aos interesses das crianças. É muito positivo que elas exercitem sua criatividade, mas os adultos devem estar atentos para analisar se esses outros objetos são seguros e não representam risco de acidente.

A Criança Segura

A Criança Segura é uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público, dedicada à prevenção de acidentes com crianças e adolescentes de até 14 anos. A organização atua no Brasil desde 2001 e faz parte da rede internacional Safe Kids Worldwide, fundada em 1987, nos Estados Unidos, pelo cirurgião pediatra Martin Eichelberger.

Para cumprir sua missão, desenvolve ações de Políticas Públicas – incentivo ao debate e participação nas discussões sobre leis ligadas à criança, objetivando inserir a causa na agenda e orçamento público; Comunicação – geração de informação e desenvolvimento de campanhas de mídia para alertar e conscientizar a sociedade sobre a causa e Mobilização – cursos à distância, oficinas presenciais e sistematização de conteúdos para potenciais multiplicadores, como profissionais de educação, saúde, trânsito e outros ligados à infância, promovendo a adoção de comportamentos seguros.

www.criancasegura.org.br

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s